Início » Cassino Online » Poker » André Akkari – História, prêmios e curiosidades
André Akkari – História, prêmios e curiosidades

André Akkari – História, prêmios e curiosidades

André Akkari é um jogador paulista de pôquer e profissional ganhador de um Bracelete da WSOP em 2011. Com a conquista, juntou-se a Alexandre GomesThiago Decano, Roberly Felício, Yuri Martins e Murilo Figueredo como os únicos brasileiros a conseguirem tal feito.

Também é conhecido por passar diversas dicas de pôquer para iniciantes ou pessoas que têm o interesse em continuar neste esporte através da internet. Se tornou em pouco tempo um dos mais expoentes do país.

André Akkari fortuna

Hoje, o paulista André Akkari tem mais de R$ 11 milhões. Sua maior premiação veio justamente no WSOP, em Las Vegas, quando levou pra casa a quantia de US$ 675.117.

O COMEÇO DE CARREIRA

A princípio, entre 2004 e 2005, André Akkari era sócio de uma empresa de tecnologia, quando recebeu o pedido para realizar um trabalho a um site internacional de pôquer. Nesse sentido, pesquisou sobre o tema e conheceu as salas de pôquer online.

Começou a jogar gratuitamente com dinheiro virtual, e em freerolls que premiavam com dinheiro real – principalmente nas mesas shasta do Everest Poker, que pagavam cinco centavos ao campeão.

A partir desse momento, passou a frequentar torneios que surgiam em São Paulo e fez parte dos primórdios do CPH – Circuito Paulista de Hold'em.

Além disso, na mesma época, Akkari criou o site SuperPoker junto dos amigos e jogadores Leandro Pimentel, Victor Marques e Fábio “Deu Zebra” Monteiro, tornando-se uma das únicas fontes para os jogadores brasileiros na internet. Ainda assim, ao lado do pioneiro Clube do Poker, site dos cariocas Christian Kruell e Raul Oliveira.

A EXPERIÊNCIA NO PÔQUER

Após a primeira temporada do Circuito Paulista, agora em 2006, André Akkari juntou-se como sócio de Leo Bello e Leandro Pimentel também na Nutzz Eventos, empresa que organizava o CPH.

Nessa época, com a ideia de Akkari, a empresa criou o BSOP. Era um torneio realizado a cada mês em uma capital brasileira, com buy-in mais caro. Foi neste ano que André viajou ao exterior acompanhado de seus amigos pela primeira vez.

Então, foi disputar eventos menores em Las Vegas e também no Conrad, em Punta del Este. Numa destas viagens, jogou o evento de aniversário do lendário jogador norte-americano Doyle Brunson. Como resultado, conquistou o troféu de campeão, acompanhado de um prêmio em dinheiro.

Já em 2007, André Akkari vinha acumulando resultados consistentes e tornava-se um dos nomes mais importantes. Bem como, no mesmo ano, lançou a Revista Flop junto com seu idealizador, o também jogador Juliano Maesano.

Próximo ao início da temporada da WSOP, André Akkari recebeu um convite de Christian Toth, CEO do PokerStars no Brasil, e, assim, foi contratado pelo maior site de pôquer do mundo, o PokerStars. Tornou-se o primeiro brasileiro com relevância internacional e abriu as portas para que outros sites virassem seus olhos ao mercado brasileiro.

PRÊMIOS DE ANDRÉ AKKARI

  • Pelo seu trabalho como empresário e jogador, e sua importância para o pôquer brasileiro, levou o prêmio de Personalidade do Ano, na entrega do Prêmio Flop 2009;
  • Além disso, também em 2009, o jogador decidiu mudar-se com a família e passar um ano na cidade de Las Vegas. Por lá, aproveitou para criar novos projetos, como o site educacional TV Poker Pro, junto dos companheiros de Team PokerStars, Alexandre Gomes e Gualter Salles. No entanto, retornou a São Paulo em 2010 e continua como comentarista de pôquer nos programas do canal de televisão ESPN;
  • Em 2011, André Akkari chegou ao resultado mais importante da carreira. Venceu o evento #43 da WSOP e se tornou o segundo brasileiro a ganhar o bracelete da série mundial de pôquer;
  • Por fim, além de jogador de pôquer, Akkari é co-proprietário e investidor da FURIA Esports, equipe brasileira de eSports

Foto destaque: Reprodução / Clube do Vídeo Game

Compartilhe

André Merice

André Merice

Veja também

Especiais
Letícia Höfke

Jogos de mitologia nórdica

Mitologia vem do grego mythos – que significa contar, dizer – e logos – que significa escrita, tratado e razão – e é o estudo

Continue lendo