Ex-funcionário da Bend Studios fala que a Sony precisa lutar pela sobrevivência em cada geração

Jeff Ross comenta sobre os projetos que precisam financiar o próximo projeto.

Jeff Ross que trabalhou no desenvolvimento de Days Gone na Bend Studios, conversou com David Jaffe e um dos assuntos foi a política de “financiamento” de projetos dos estúdios da Sony.

Ross foi questionado sobre o motivo da proposta de Days Gone 2 ter sido recusada pela Sony e explicou que o orçamento do game foi muito superior ao que foi apresentado anteriormente. Days Gone 2 iria custar mais caro que o primeiro game. Ross disse que o investimento só é feito se o game anterior vender um determinado número de cópias, para assim, a Sony poder financiar a sua sequência.

O diretor de Days Gone disse que os fãs precisam entender que a conta do PlayStation é menor do que da Microsoft.

“O retorno do investimento para games tem que vender entre 4 ou 5 milhões de cópias para recuperar o seu orçamento. É preciso ter confiança no retorno, uma vez que a Sony não tem dinheiro como a Microsoft tem e precisa usar de forma muito inteligente,” disse Ross.

Confira a entrevista na íntegra:

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments