Início » eSports » Faker entra com processo contra assédio online
Faker entra com processos contra assédio online

Faker entra com processo contra assédio online

Desde já, o assédio e a violência online estão por todos os quatro cantos do mundo. Do mesmo modo, a vítima da vez foi ninguém mais ninguém menos do que Faker, o maior mid laner da história e tricampeão mundial.

Resumo sobre Faker

Primeiramente, tendo sua carreira iniciada em 2013, integrou parte da SK Telecom T1 K. Não demorou muito para chegar à equipe titular da SK Telecom T1. Grande parte da carreira de Faker passou-se na T1. Jogando pela esquipe, Faker ganhou três Campeonatos Mundiais de League of Legends, conquistou o título de um dos melhores jogadores do mundo em 2013, 2015 e 2016. Além disso, conquistou um vice-campeonato épico em 2017. Aliás, perdendo para a grande Samsung Galaxy.

Como começaram os casos

A princípio, tudo ocorreu nesta última terça-feira (19), quando torcedores destilaram mensagens de ódio à organização e o jogador de League of  Legends. Este acúmulo de mensagens de ódio vem crescendo desde meados de 2020, quando o jogador foi movido para o banco da equipe.

Devido à grande recorrência e à frequência dos ataques na web, o jogador, juntamente com a T1, decidiu entrar na justiça contra os ameaçadores. Do mesmo modo, todos entraram em comum acordo em relação a seriedade e o nível de punição que os indivíduos (agressores) merecem.

Com a abertura do processo, nada irá sessar as buscas por ataques online. Porém, servirá de exemplo.

Veja o vídeo sobre o caso abaixo

Este caso ocorreu ainda alguns dias depois de um incidente envolvendo outra equipe profissional. A saber, a KT Rolster recebeu ameaças de ódio via web, difamação e até mesmo uma “arma mortal” no próprio CT da equipe.

Sobre ameaças e agressões via redes sociais

Reiteramos que toda e qualquer mensagem de ódio, seja por alguma plataforma de comunicação, é algo inaceitável nos dias de hoje. Desse modo, precisamos garantir a segurança a integridade das pessoas através de todos os meios legais possíveis.

Foto destaque: Divulgação / T1

Compartilhe

Yuri Fonseca

Yuri Fonseca

Veja também