Square Enix anuncia novo jogo de Final Fantasy XV para dispositivos móveis

Final Fantasy XV chegará aos dispositivos móveis

A Square-Enix comunica que está trabalhando em uma nova versão de Final Fantasy XV para dispositivos móveis. A informação veio de uma reportagem publicada no site Enduins e postada nesta última terça-feira, dia 7 de janeiro.

O projeto não é uma versão “pocket” do jogo-base, mas sim um game inédito baseado no universo de Final Fantasy XV. Para isso, a Square-Enix está contando com a ajuda dos desenvolvedores sul-coreanos da JSC e a produtora chinesa GAEA. Além disso, o game está sendo feito na Unreal Engine 4.

Final Fantasy XV para dispositivos móveis será um MMORPG e deve chegar primeiro na China e, posteriormente, no resto do mundo.

Final Fantasy XV é mais um grande sucesso da Square-Enix

Final Fantasy XV é um RPG de ação desenvolvido pela Square-Enix e lançado originalmente o PlayStation 4 e Xbox One em 2016 e posteriormente para PC em 2018 e Stadia em 2019. Na época, recebeu boa aprovação da mídia e do público, sendo considerado o jogo favorito de 2016 por ninguém menos que Hironobu Sakaguchi, que é o criador original da série, ficando no posto de produtor até o Final Fantasy X.

As opiniões perante a história de Final Fantasy XV foram recebidas de modo misto, sendo que o consenso é de que a história principal é um pouco previsível e decepcionante para os padrões da série, além de que os personagens em si demoram pra “engatar” e ter algum tipo de carisma.

Já os gráficos e a trilha sonora foram muito elogiados, principalmente pela estética realista das cidades e toda a ambientação. O gameplay também recebeu elogios por seu estilo rápido e intuitivo, apesar de ter sido criticado por ter pouco conteúdo quando comparado a outros jogos semelhantes, como Kingdom Hearts, por exemplo.

Por volta de outubro de 2019, foi revelado ao público que o game vendeu cerca de 9 milhões de cópias ao redor do mundo, sendo considerado um grande sucesso.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Veja também