Início » Notícias » Hogwarts Legacy ganha ASMR

Hogwarts Legacy ganha ASMR

Uma noite chuvosa de primavera em Hogwarts 

A Warner Bros., a Avalanche e a Portkey Games decidiram lançar um vídeo ASMR de Hogwarts Legacy apresentando alguns dos ambientes do jogo numa noite chuvosa. No vídeo, você pode visitar desde os terrenos do castelo até Hogsmeade.

“A chuva cai numa noite calma de primavera em Hogwarts Legacy – hora de relaxar com um passeio tranquilo pelos jardins do castelo e além de Hogsmeade. Aproveite os sons do mundo mágico”, podemos ler na descrição do vídeo.

Hogwarts Legacy será lançado no final do ano para Microsoft Windows, Nintendo Switch, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One e Xbox Series X/S.

Hogwarts Legacy acontece nos anos 1800, ou seja, bem antes dos eventos dos livros e filmes principais – que se passam entre 1991 e 1998. Geralmente, os alunos começam os estudos aos 11 anos, mas o protagonista do game está começando tarde, no quinto ano e além disso, tem a habilidade incomum de dominar a Magia Antiga.

Achamos que o antagonista do jogo será um duende chamado Ranrok, que libera uma rebelião. “O Mundo Mágico está repleto de perigos, incluindo criaturas corrompidas por uma força mágica, bruxas e bruxos sinistros, bem como uma possível rebelião dos duendes”, explica a Warner Bros.

Você vai poder explorar Hogwarts por todos os cantos, mas o RPG é de mundo aberto então a escola de magia não será a única área explorável de Hogwarts Legacy. O jogador vai poder fazer uma visitinha a Hogsmeade, o vilarejo bruxo perto da escola, onde os estudantes vão às vezes. Além disso, Banco de Gringotes e Beco Diagonal também poderão ser visitados. Enfim, você não ficará limitado a Hogwarts.

 

 

 

 

Compartilhe

Letícia Höfke

Letícia Höfke

Sou jornalista, escritora e completamente apaixonada por tudo que envolve o universo geek - principalmente, o Batman.

Veja também

Especiais
Letícia Höfke

Jogos de mitologia nórdica

Mitologia vem do grego mythos – que significa contar, dizer – e logos – que significa escrita, tratado e razão – e é o estudo

Continue lendo