LoL: após sanções, ex-jogador russo deixa presidência de time

Likkrit deixa presidência da CrowCrowd após ser alvo de sanções do governo americano

O ex-jogador russo de League of Legends, Kirill “Likkrit”, anunciou que vai deixar a presidência da CrowCrowd, organização de esports da Rússia. Acontece que seu nome apareceu em uma lista de sanções da OFAC, organização de inteligência americana que vem monitorando o conflito na Ucrânia. Likkrit aparece junto com seu pai, Konstantin Malofeev, empresário que tem ligações e compartilha conselheiros com o presidente russo, Vladimir Putin

Em 2021, a CrowCrowd ficou com vice-campeonato nos dois slipts de LCL, liga russa de League of Legends. Em 2022, o campeonato foi cancelado por causa da guerra na Ucrânia, que começou há dois meses após Vladimir Putin ordenar a invasão do país por tropas russas. A Rússia também ficará sem representante no MSI deste ano.

LoL: após sanções, ex-jogador russo deixa presidência de time
Likkrit deixa presidência de time após ser alvo de sanções do governo americano

Likkrit é bastante conhecido pela sua época na Albus Nox Luna, time que chegou no Top 8 do Worlds 2016. Ele foi banido em 2017 por 6 meses após fazer críticas ao cenário russo de League of Legends. A Riot achou que seus comentários seriam nocivos à imagem da empresa.

Muitas empresas de videogame tem se unido em prol da causa ucraniana. Veja aqui.

Compartilhe

Letícia Höfke

Letícia Höfke

Sou jornalista, escritora e completamente apaixonada por tudo que envolve o universo geek - principalmente, o Batman.

Veja também