Início » Notícias » Mais oito mulheres acusam PlayStation de discriminação no ambiente de trabalho
Mais oito mulheres acusam PlayStation de discriminação no ambiente de trabalho

Mais oito mulheres acusam PlayStation de discriminação no ambiente de trabalho

Em novembro do ano passado, a ex-analista de TI da Sony PlayStation, Emma Majo, entrou com um processo contra a empresa, alegando discriminação de gênero e rescisão injusta após apontar o preconceito com mulheres na companhia. A Sony tentou acabar com o processo, afirmando que as alegações eram infundadas, mas agora, segundo o site Axios, mais oito mulheres, que já trabalharam ou ainda são funcionárias da divisão PlayStation da Sony, juntaram-se a Emma Majo e acusaram a empresa de ter um ambiente de trabalho discriminatório.

O testemunho dessas mulheres incluem casos de assédio sexual, falta de respeito, discriminação de gênero e até dificuldade de ativar uma investigação às queixas. Segundo o Polygon, alguns homens na PlayStation atribuem notas às mulheres de acordo com sua aparência. Várias delas dizem que foram abordadas de forma sexual por outros funcionários e até apalpadas. Outras mulheres mencionam que muitas colegas abandonaram a PlayStation devido às condições de trabalho.

Mais oito mulheres acusam a Sony de discriminação com mulheres

Marie Harrington trabalhou durante 16 anos na Sony até deixar a empresa em 2019 por sexismo sistêmico. Ela afirma que poucas mulheres são consideradas para promoção em cargos sênior ou de gerência. As possíveis candidatas tem ainda a vida pessoal comentada pelos responsáveis pela seleção – algo que não ocorre entre os homens.

Seu relato diz ainda que ela teve que conviver com piadas e comentários sobre a aparência das colegas de trabalho ou sobre suas roupas, além de comportamentos inapropriados de homens – como, por exemplo, compartilhamento de conteúdos adultos durante o trabalho. Quando teve filhos, ela também não teve direito a uma sala privada para amamentação; teve que recorrer a um deposito com tranca quebrada. Outra mulher também afirmou que foi importunada ao amamentar sua criança.

A Sony ainda não se pronunciou sobre o caso.

 

 

Compartilhe

Letícia Höfke

Letícia Höfke

Sou jornalista, escritora e completamente apaixonada por tudo que envolve o universo geek - principalmente, o Batman.

Veja também

Notícias
Letícia Höfke

Tudo sobre o Big Festival 2022

Hoje, começa o Big Festival 2022 em São Paulo; esse é maior evento de games da América Latina e contará com empresas como Xbox, Ubisoft, Capcom, Bandai Namco, Niantic e PlayStation.

Continue lendo