Início » Notícias » Riot vai doar lucros com venda em jogos para ajudar a Ucrânia
Riot vai doar lucros com venda em jogos para ajudar a Ucrânia

Riot vai doar lucros com venda em jogos para ajudar a Ucrânia

No dia 24 de fevereiro deste ano, Vladimir Putin, presidente da Rússia, autorizou que suas tropas invadissem a Ucrânia, iniciando uma guerra. O resto do mundo está se movimentando para ajudar o país invadido e seus habitantes. A Riot Games, por exemplo, já arrecadou mais de 3 milhões de dólares para esforços humanitários na Ucrânia e no Leste Europeu.

O estúdio prometeu doar todos os lucros de vendas dos passes de batalha dos jogos Valorant, Legends of Runterra, Teamfight Tactis e Wild Rift e das novas skins de abelha do League of Legends entre os dias 5 e 12 de março. Além disso, afirmou que irá dar US$ 1 milhão do próprio bolso para as organizações Médicos Sem Fronteiras, Cruz Vermelha Polonesa e International Medical Corps.

A Activision Blizzard também doou dinheiro para a Ucrânia

A Riot não é a única empresa de games que está ajudando a Ucrânia. Recentemente, a Activision Blizzard interrompeu as vendas de games na Rússia e colaborou com uma arrecadação de fundos feita pelos funcionários, dobrando o valor acumulado. Nessa quinta-feira (10), a PlayStation e a Nintendo também anunciaram a suspensão dos envios de seus produtos para Rússia. A Sony anunciou que vai doar dois milhões de dólares à agência de refugiados da ONU e à organização Save the Children para apoiar as vítimas da tragédia.

Compartilhe

Letícia Höfke

Letícia Höfke

Sou jornalista, escritora e completamente apaixonada por tudo que envolve o universo geek - principalmente, o Batman.

Veja também