Update de Call Of Duty: Warzone coloca cheaters para se enfrentar

Update de Call Of Duty: Warzone coloca cheaters para se enfrentarem

Essa semana a Infinity Ward lançou um update sobre o que tem sido feito para lidar com os problemas com cheaters em Call of Duty: Modern Warfare e no battle royale Warzone. A solução dada por eles foi colocar os cheaters para se enfrentar, para que eles possam “provar do próprio veneno”.

A partir de hoje, os jogadores de Modern Warfare e Warzone que denunciarem potenciais cheaters receberão uma notificação no jogo informando se o denunciado foi banido. Além disso, a Infinity Ward lançou também alguns “updates de segurança adicionais” para ambos os jogos, enquanto o matchmaking foi atualizado para colocar jogadores suspeitos de usar cheats em partidas uns contra os outros.

Além dessas medidas, a Infinity Ward estará investindo mais nos seus times de reforço para, entre outras funções, livrar o jogo dos cheaters.

A opção de reportar um jogador in-game será lançada em breve. Segundo a Infinity Ward, será possível denunciar a partir da killcam e do modo espectador.

Muitos jogadores estavam reclamando dos problemas com cheats em Modern Warfare e Warzone, que poderiam até mesmo comprometer o futuro dos jogos. Até agora, não se sabe se as medidas implementadas serão realmente efetivas.

Modern Warfare e Warzone oferecem cross-play entre console e PC. E normalmente o PC já é mais conhecido pela presença de cheaters em jogos, já que a plataforma oferece um certo tipo de “facilidade” para este tipo de atividade. Tanto que muitos jogadores estavam sugerindo desligar o cross-play para ajudar a lidar com esse problema, algo que pode ser feito acessando o menu de configurações do jogo.

Call of Duty: Warzone foi lançado no dia 10 de março de 2020 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One.

Confira 7 dicas de Call of Duty: Warzone para você ir bem no campo e batalha!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Veja também