VCT Fase 2: Havan e INGAMING seguem vivas na chave inferior

A chave inferior das finais da Fase 2 dodo VCT BR começou com tudo.

O primeiro dia de jogos na chave inferior da final do Challengers brasileiro deste VCT Fase 2 chegou pegando fogo. E bem como o show de abertura entre Havan e Slick, este domingo (02) de VALORANT foi cheio de adrenalina.

O caminho para a Islândia vai chegando mais perto do seu fim, assim os times começam a mostrar o que tem de melhor pela chance de jogar internacionalmente.

Havan Liberty vs Slick

O primeiro mapa da série foi Icebox, mapa de escolha da HL. As duas equipes tiveram bons momentos, com trocas de rounds e grandes jogadas individuais dos dois lados. Mas no fim, a Havan saiu na frente na série após ser melhor nos clutches finais, fechando o mapa com um 13×10.

Na sequência tivemos Haven, e a Slick mostrou o porquê da escolha no início: a equipe controlou muito bem o jogo, abrindo uma larga vantagem. Apesar disso, a Havan conseguiu responder do lado atacante, voltando no mapa e levando o jogo para a prorrogação.

E no overtime, a Havan decretou a eliminação da Slick, fechando com um 14×12. A equipe conseguiu uma virada incrível, se mantendo viva na final brasileira. A Jett do heat levou pra casa o destaque na MD3.

Com uma ótima partida na Haven, tanto quanto na Icebox, heat levou o MVP. Imagem: Reprodução / VALORANT Champions Tour Brazil

paiN Gaming vs INGAMING Esports

Fechando a primeira rodada de jogos na chave inferior, paiN e INGAMING se enfrentaram pela permanência na Fase 2 do VCT.

O primeiro mapa, escolha da paiN, foi a Split, algo curioso visto que o mapa foi pouquíssimo escolhido nesta etapa do VALORANT brasileiro. Durante o jogo pudemos ver que a equipe estava muito confortável na primeira metade, abrindo uma boa vantagem para fechar o mapa, mas a INGAMING não se rendeu e levou o jogo para o overtime com um excelente lado atacante.

Assim, a paiN conseguiu resetar o mindset e fechar o jogo na prorrogação, com um 14×12.

Já na Haven, escolha da INGAMING, a equipe também mostrou à que veio. O time chegou a abrir um 9×2, mostrando a força da escolha, e mesmo que a paiN vencendo alguns rounds, a INGAMING não perdeu o foco e empatou a série com um 13×7.

Como resultado, Bind foi o mapa decisivo da série. E justamente no momento mais importante, tivemos um início extremamente equilibrado, com as duas equipes trocando rounds difíceis, porém o momento positivo da INGAMING pesou bastante.

A equipe conseguiu vantagem, alcançando o match point com um 12×5. Com isso, foi fácil para a INGAMING ganhar mais um round e garantir a permanência no campeonato com um 13×5. O duelista magic levou o MVP.

O jogo de magic encaixou pra cima da paiN Gaming. Imagem: Reprodução / VALORANT Champions Tour Brazil

Após os resultados de hoje, temos Slick e paiN Gaming eliminadas da final do Challengers, levando apenas 20 pontos de circuito para casa. Além disso, as equipes derrotadas saem com R$ 7.500. O chaveamento do restante do torneio ficou assim:

Imagem: Reprodução / VALORANT Champions Tour Brazil

O VCT Fase 2 volta na quinta-feira (06), com as semifinais da chave superior, com duelos entre Gamelanders contra Sharks e a FURIA enfrentando a Team Vikings. O Challengers brasileiro dá duas vagas para o Masters Reykjavik e tem transmissão dos canais oficiais de VALORANT Brasil na Nimo, Twitch e no YouTube.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments