Hacker rouba código-fonte da GPU do Xbox Series X


O Xbox Series X será o console da próxima geração da Microsoft. A plataforma vem cheia de promessas, porém, já está passando por alguns buracos no caminho, dessa vez com um ataque hacker que pode ter roubado o código-fonte da GPU do Xbox Series X. O hacker (ou grupo) está pedindo US$100 milhões de resgate à AMD para não divulgar os arquivos para o público.

A notícia foi anunciada em uma publicação no site oficial da AMD. No texto a empresa explicou a atual situação, informando que “Fomos contatados por alguém que diz ter os arquivos de testes relacionados a uma categoria de produtos gráficos atuais e futuros.”

O site também informa que parte dos arquivos foi divulgada online. Essa é uma estratégia comum entre hackers que querem provar que realmente possuem os documentos que afirmam ter.

O site TorrentFreak reportou que os dados publicados foram encontrados em um computador hackeado e que eles são referências ao código-fonte das GPUs Big Navi e Arden, ambas da AMD. A Arden seria a GPU personalizada de 12 teraflops do Xbox Series X, mas ainda não há confirmação sobre essas informações.

O se sabe é que a AMD pediu um bloqueio por direitos autorais (DMCA) de um repositório do Github. A empresa identificou o repositório recém-criado “xxXsoulessXxx” e o projeto “AMD-navi-GPU-HARDWARE-SOURCE” como o local da sua propriedade intelectual roubada. A pagina já foi retirada do ar.

O pedido de bloqueio da página aumenta ainda mais a certeza de que o ataque hacker realmente ocorreu e que as informações foram roubadas. No entanto, a empresa informou que os arquivos roubados não afetam diretamente a competitividade da AMD.

“Enquanto nós estamos cientes de que o criminoso possui arquivos adicionais que não foram publicados, nós acreditamos que as propriedades intelectuais dos projetos gráficos não são parte fundamental da competitividade e segurança dos nossos produtos. Nós não sabemos se o criminoso possui outros arquivos da AMD.”


Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Veja também