Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio – Análise

Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio – Análise

Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio, terceiro filme da franquia, foca no drama, mas garante bons sustos.

Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio chegou aos cinemas na quinta-feira, dia 3 de junho. A primeira trilogia da série principal encerra sendo dirigida por Michael Chaves, que trabalhou junto com James Wan (diretor dos dois primeiros filmes) e com a produziu A maldição da mulher da meia-noite.

A Ordem do Demônio é a continuação de Invocação do Mal e Invocação do Mal 2 e traz novamente Patrick Wilson e Vera Farmiga como o casal Warren.

Grandes sustos, mas um pouquinho de drama

Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio - Análise
Divulgação Warner Bros

Eu sou medrosa com filmes de terror, mas comecei a me interessar pela série Invocação do Mal através dos livros sobre os Warren e então decidi engolir o medo e finalmente ver a obra criada por James Wan. O primeiro e principalmente o segundo filme me deram grandes sustos e um pouquinho de estresse e ansiedade, confesso. Para uma medrosa, os filmes eram perturbadores.

Decidi assistir Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio e confesso que, assim como os outros, ele cumpre o seu papel. Temos aqui ainda aquele clichê de uma família na qual um integrante é vítima de possessão.

O filme se passa em 1981 e conta o drama e o julgamento de Arne Cheyenne Johnson, acusado de assassinato. O casal Warren são envolvidos para provar que Arne estava na verdade possuído. Você sente empatia pelo Arne e sua namorada, mas não se compara com as famílias do primeiro e segundo filme.

A história tem poucos plots focando na maior parte do tempo no arco dramático e no processo judicial de Arne Johnson. Mas isso não garante que você não vai se assustar, você vai! Michael Chaves continua o “truque” de James Wan. Você vai ver a câmera focar no escuro ou em olhar pro nada e do nada, aquele susto. Algo que continua funcionando.

Aqui vemos mais do que nunca a relação entre Lorraine Warren e Ed Warren, você fica apreensivo e com medo de algo acontecer com um dos dois e isso é agonizante aqui. Eu facilmente assistiria um filme romântico com esse casal, você tem empatia por eles e isso é graças a boa contrução de personagens ao longo da franquia.

Grandes referências a clássicos

Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio - Análise
Divulgação Warner Bros

Se você é um apreciador de filmes de terror clássicos e ama referências Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio te dá esses mimos. Aqui você vai encontrar fortes referências de O Exorcista (1974), Psicose (1960), O Iluminado (1980) entre outros filmes.

Filme estará disponível no HBO Max

Apesar do lançamento oficial ser nos cinemas e do seu adiamento devido a pandemia do coronavirus, Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio estará disponível na plataforma HBO Max que chega no Brasil no dia 29 de junho.

Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio é um filme mais dramático e com um final ok. A atmosfera criada pelo James Wan é mantida aqui e cumpre bem o seu papel.

Letícia Höfke
Letícia Höfke

Sou jornalista, escritora e completamente apaixonada por tudo que envolve o universo geek. Twitter e Instagram: @leticiahofke