Início » Especiais » Personagens femininas icônicas dos games

Personagens femininas icônicas dos games

Você sabia que a primeira personagem feminina dos games surgiu em 1982? Era a Ms. Pac Man – basicamente, uma versão do Pacman com batom e lacinho vermelho. Ao longo do tempo, o número de mulheres dentro dos videogames foi aumentando e hoje, temos inúmeras personagens femininas icônicas. Separei algumas para falar mais sobre. Vem comigo prestiá-las.

Samus Aran

Surgida em 1986, Samus Aran, de Metroid, foi a primeira personagem com características humanas e jogável da história. Em sua primeira aparição, ela começa o jogo vestida numa armadura, e o jogador só descobre que ela é uma mulher no final. Samus apareceu em todos os jogos de vídeo da Metroid, além de ter um grande destaque na série Super Smash Bros. Ela é definitivamente, uma das personagens femininas mais icônicas dos games.

Chun-Li

Chun-Li marcou uma geração de jogos de luta, sendo a primeira mulher selecionável em um game desse tipo. Ela, que apareceu pela primeira vez em Street Fighter II: The World Warrior em 1991, abriu portas para outras personagens femininas lutadoras. A chinesa é capaz de lutar de igual para igual com os homens. Ela merece todo o reconhecimento.

Tomb Raider

Para falar de personagens femininas icônicas, é quase uma obrigação citar Lara Croft, protagonista de Tomb Raider. Lara “nasceu” em 1996 como protagonista em um jogo de aventura, sendo a mulher pioneira a protagonizar o gênero, algo inédito até então. Ela é um marco na história dos games, tanto que ganhou inúmeros jogos e até filmes. Os primeiros foram nos anos 2000 e foram estrelados por Angelina Jolie. Em 2018, houve outro filme e quem deu vida à Lara foi Alicia Vikander.

Princesa Zelda

É verdade que Zelda não é a protagonista da franquia The Legend of Zelda e nem mesmo é uma personagem jogável, mas é inegável a influencia que ela tem em toda a história – afinal, a série de jogos da Nintendo leva o seu nome. Zelda foi uma das personagens femininas que mais marcou a indústria. Ela já foi líder do conselho dos sábios em Ocarina of Time e aparece no game, disfarçada como Sheik. Em Twilight Princess, ela tem um papel fundamental na batalha final. Além disso, é chefe dos piratas em Wind Waker – onde aparece como Tetra – e líder de exércitos em Hylure Warriors. Essas, claro, só são algumas das funções que ela exerce. Zelda é uma personagem icônica.

Jill Valentine, Claire Redfield e Ada Wong  

Resident Evil tem muitas personagens femininas icônicas. Entre elas, podemos citar Jill Valentine, Claire Redfield e Ada Wong. As três são extremamente fortes e corajosas. Claire, por exemplo, vira-se muito bem sozinha, e Ada é uma personagem enigmática e misteriosa, uma verdadeira femme fatale, e suas aparições ajudam a montar todo o suspense do jogo.

 

Bayonetta

Bayonetta é uma das poucas protagonistas que tem seu nome no título do jogo. Ela é uma bruxa mortal, que usa poderes mágicos e armas de fogo. Sem dúvidas, ela é uma das personagens femininas mais marcantes dos games.

Aloy

Forte, determinada e com uma ótima evolução, Aloy é a protagonista de Horizon Zero Dawn. A Sony não queria uma protagonista feminina no game porque achava a ideia muito arriscada; para desenvolver a personagem, a Guerilla Games chegou a ir contra a empresa e deu tudo certo: Aloy foi muito bem recebida pelos jogadores.

Max e Chloe

 

Max é a protagonista jogável de Life is Strange. Ela é uma aspirante a fotógrafa e deixou sua mãe e seu pai em Seattle para voltar à Arcadia Bay, Oregon, onde ela cresceu. Depois de salvar Chloe Price, ela descobre que pode controlar o tempo. Quem se destaca também é Chloe; ela é uma personagem forte e questionadora e forma uma dupla incrível com Max ao longo da jornada do game.

Compartilhe

Letícia Höfke

Letícia Höfke

Sou jornalista, escritora e completamente apaixonada por tudo que envolve o universo geek - principalmente, o Batman.

Veja também

Notícias
Letícia Höfke

Tudo sobre o Big Festival 2022

Hoje, começa o Big Festival 2022 em São Paulo; esse é maior evento de games da América Latina e contará com empresas como Xbox, Ubisoft, Capcom, Bandai Namco, Niantic e PlayStation.

Continue lendo