Início » Notícias » CBLOL 2022: LOUD demite Frosty por caso de racismo

CBLOL 2022: LOUD demite Frosty por caso de racismo

No passado, Frosty fez ofensas racistas contra outro jogador profissional

Nesta segunda-feira (31), a LOUD anunciou a contratação de José Eduardo “Frosty” como suporte para o time academy, mas, na mesma noite, poucas horas depois do anúncio, a organização recuou o demitiu.  Em 2020, o jogador chamou de macaca o topo Francisco “fnb” – atualmente na FURIA – em uma partida ranqueada.  A ofensa racista voltou à tona nas redes sociais, o que fez a LOUD voltar atrás em seu contrato.

Frosty emitiu um comunicado, afirmando que, desde a ofensa, desculpou-se inúmeras vezes com fnb e contou que está há muito tempo lutando por espaço no cenário competitivo. Ele disse ainda que a LOUD estava ciente da situação e “não mediram esforços para impedir que qualquer ataque viesse à tona”.

 

Em 2020, quando o caso aconteceu, fNb fez uma publicação em seu perfil no Twitter mostrando a seus seguidores, que havia sido chamado de macaco por um jogador cujo nick era “consensualclown”. Posteriormente, fNb revelou ter descoberto que o jogador em questão era Frosty – que na época, tinha outro nick.

Compartilhe

Letícia Höfke

Letícia Höfke

Sou jornalista, escritora e completamente apaixonada por tudo que envolve o universo geek - principalmente, o Batman.

Veja também

Mobile
Letícia Höfke

Mods mais bizarros dos games

Enquanto alguns modders criam mods buscando melhorar o conteúdo de um determinado jogo, alguns se focam nas ideias mais estranhas possíveis. Existem várias e várias

Continue lendo