Os controles mais caros da história dos videogames

Um dos acessórios mais básicos quando se fala em jogos são os controles. Disponíveis em vários modelos e formatos diferentes, eles são a principal fonte de interação entre jogo e jogador desde os primórdios da história dos videogames. E ao longo de todos esses anos, foram lançados joysticks dos mais diversos tipos. Há os que prezam pelo conforto e também os modelos mais diferenciados e excêntricos que chegam a preços altíssimos no mercado. Nesta lista você vai conhecer os 10 controles mais caros da história dos videogames.

Lux DualShock 4 Haute – US$ 93.995 a US$ 1 milhão

A linha de DualShock 4 da Brikk, conhecida fabricante de eletrônicos de luxo, é feita para os gamers de gosto requintado. E é ela a responsável pelos controles mais caros da atualidade. Os controles de PlayStation 4 da Lux são revestidos em ouro 24 quilates e possuem um detalhe com sete diamantes no centro. O mais caro deles, o Lux DualShock 4 Haute, tem preços variando entre US$ 93.995 (cerca de R$ 380 mil) a mais de US$ 1 milhão dependendo da perfeição dos diamantes utilizados.

Os controles mais caros da história dos videogames

Friday The 13th Jason Voorhees Sony Dualshock 4 – US$ 113.000

Inspirado em um dos assassinos mais icônicos dos filmes de terror, este Dualshock 4 tem tanto valor graças à sua exclusividade. Este é um item único totalmente feito à mão. Ele tem uma pintura com referências ao vilão Jason dos filmes Sexta-Feira 13 e certamente é um item dos sonhos para todo colecionador apaixonado pela franquia. Atualmente ele se encontra à venda no Ebay por US$ 113.000 (aproximadamente R$ 457 mil).

Xbox Elite Gears of War 4 Edição Limitada – US$ 900

Os controles Elite do Xbox One são famosos pelo seu alto nível de customização, por isso eles acabam figurando entre os controles mais caros. Eles permitem que o jogador escolha a configuração e posicionamento dos botões de acordo com a sua preferência. Pra completar, este modelo de Edição Limitada de Gears of War 4 tem um design diferenciado, com marcas de sangue e arranhões, além de um d-pad customizado com as armas do jogo. Hoje ele pode ser encontrado por US$ 899.99 (em média R$ 3.650).

Os controles mais caros da história dos videogames

Gold Nintendo Power 100 – US$ 350

Um joystick muito cobiçado entre os colecionadores de jogos retrô é o Gold Nintendo Power 100 do Nintendo 64. Lançado no final dos anos 90, ele é uma edição limitada oferecida aos assinantes da revista norte-americana Nintendo Power quando ela chegou em sua edição 100. Na sua parte superior, há um detalhe em preto com a inscrição ‘Nintendo 100’. Ele é bastante raro e pode ser encontrado usado pelo valor aproximado de US$ 350 (por volta de R$ 1.400) em bom estado de conservação.

RailDriver – US$ 249

O inusitado RailDriver é um controle de PC criado especialmente para simuladores de trem. Com suas alavancas e botões, ele substitui o uso de mouse e teclado oferecendo uma experiência mais próxima de pilotar um trem de verdade. Pra deixar a experiência mais completa, ele ainda emite sons e vibrações através de um alto-falante interno. O modelo mais recente, com direito ao jogo Train Simulator 2019 como brinde, pode ser adquirido por US$ 249.95 (cerca de R$ 1.012).

Novint Falcon – US$ 239

Com um design digno de filmes de ficção científica, o Novint Falcon tenta tornar a experiência de jogar no PC mais realista. Usando motores poderosos, ele oferece respostas de acordo com o que está acontecendo no jogo. A esfera faz força contra a mão do jogador para simular diversas ações como uma arma sendo recarregada ou uma bola sendo quicada. Com o complemento em forma de revólver, ele pode transformar títulos como Half-Life 2 em jogos totalmente novos. Vale a pena tentar se tiver a oportunidade!

Controle Steel Battalion – US$ 200

Steel Battalion, o jogo de batalha de mechas lançado pela Capcom para o Xbox, tinha um controle totalmente customizado. Com mais de 40 botões, alavancas e um set com três pedais, ele visava passar a sensação de pilotar um mecha de verdade. Mas o investimento sai bem caro levando em consideração que ele só pode ser usado para jogar dois jogos: Steel Battalion e sua sequência de 2004, Steel Battalion: Line of Contact.

Katana: The Soul – US$ 150

Outra grande raridade e uma dos joysticks mais caros é o controle de PlayStation 2 Katana: The Soul lançado especialmente para o jogo Onimusha 3: Demon Siege. O joystick da Hori tem um inusitado formato de espada com botões e alavancas nada práticos em seu cabo. Ele possui também um sistema parecido com o do Wii Remote que permite fazer um movimento de bater com a espada para atacar. A lâmina é removível para poder jogar em espaços menores sem causar acidentes.

Dragon Quest Slime Controller – US$ 147.99

O Slime, um dos monstros mais icônicos da franquia Dragon Quest, se tornou um divertido controle para o Nintendo Switch. O Dragon Quest Slime Controller é uma versão mais moderna do modelo lançado anteriormente para PlayStation 2. Agora, com Dragon Quest 11 chegando, foi a vez do PlayStation 4 e Switch ganharem os seus joysticks de Slime. Ele é muito maior do que o normal e parece desconfortável, sendo mais atraente pela parte estética e pelos itens decorativos que o acompanham.

Os controles mais caros da história dos videogames

Nintendo Hands Free Controller – US$ 120

A Nintendo foi uma das pioneiras no desenvolvimento de acessórios gamer para pessoas com necessidades especiais. Em 1989 ela lançava o Nintendo Hands Free Controller, um joystick de NES que fica preso ao tronco do jogador, permitindo que tetraplégicos e portadores de outras deficiências físicas possam aproveitar os títulos da plataforma. O D-pad é movido pela boca enquanto os botões A e B são controlados com sopros e aspirações em um pequeno “canudo”.

Essa foi a nossa lista com os controles mais caros da história! Quer acompanhar muito mais novidades do mundo retrogamer? Então siga a Criabits nas redes sociais!