Efootball Pro Evolution Soccer: como está o jogo atualmente

Efootball Pro Evolution Soccer: como está o jogo atualmente

A franquia Pro Evolution Soccer é uma das mais jogadas por aqueles que amam combinar o esporte com o videogame. Também chamada de PES pela maior parte dos fãs, o jogo era lançado todos os anos, assim como seu concorrente, o FIFA. No entanto, em 2021 tudo mudou após a desenvolvedora Konami mudar o nome da franquia para Efootball. No entanto, o nome não foi a única mudança da série, com diversas novas diferenças, marcando uma nova era para os gamers que também curtem o mundo do futebol.

No entanto, nem tudo são flores para desenvolvedora japonesa que ajudou a revolucionar o mercado dos games esportivos durante os anos. O lançamento do Efootball em 2021 não foi tão bem como o planejado e a mudança de identidade pode não ter feito tão bem para a saga, assim como alguns detalhes do novo planejamento. Para os jogadores que não se atualziaram tanto sobre o novo produto, separamos algumas informações para lembrar de como tudo começou e como o jogo está nos dias de hoje.

 

 

Por que o PES se tornou Efootball?

Efootball

Não é surpresa para ninguém que a série Pro Evolution Soccer sempre foi a maior concorrente do FIFA, da EA Sports. Com lançamentos anuais, tal qual o seu oponente no mercado, a série não apresentava tantas inovações a alguns anos e não estava ficando para trás nos números de cópias vendidas. A mudança para Efootball veio não apenas para repaginar a marca, mas também para dar novas perspectivas que pudesse tornar a franquia competitiva novamente.

As duas principais mudanças do Efootball em comparação aos games anteriores são as que mais poderiam agradar o público. Uma delas foi o fim do lançamento anual, liberando atualizações para o game ao invés do jogador ter que comprar um título novo todos os anos sem muita diferença entre cada um deles. A segunda está no fato do game ser gratuito, com qualquer um que possuí os requisitos mínimos necessários para rodar o produto e poder testá-lo.

 

Quais os requisitos mínimos do jogo?  

Mas afinal, quão acessível é o Efootball para todos os jogadores? Mesmo sendo gratuito, muitos fãs poderiam não ter a capacidade de rodar o jogo em determinados computadores por conta de suas configurações. A ideia da Konami para o jogo é que a maior quantidade de pessoas possam testá-lo, com ele sendo disponível para PlayStation 4, PlayStastion 5, Xbox One, Xbox Series X e Series S e para mobile, podendo ser jogado através do Android ou iOS. Já para aqueles que querem jogar através do PC, os requisitos mínimos divulgados no site da Steam são:

 

Sistema Operacional: Windows 10 – 64bit

Processador: Intel Core i5-2300, / AMD FX-4350

Memória: 8 GB de RAM

Placa gráfica: GeForce GTX 660 Ti / Radeon HD 7790

Rede: Ligação à Internet de banda larga

Espaço no disco: Requer 50 GB de espaço livre

 

O que deu errado no lançamento?

Apesar de tantas características promissoras e boas ideias por trás de sua idealização, o Efootball teve um lançamento um tanto quanto conturbado com o público. O maior problema do jogo foi a enorme quantidade de bugs, que apesar de muitas vezes serem engraçados, geravam problemas de jogabilidade e atrapalhavam de forma considerável a gameplay, rendendo um pedido de desculpas por parte da Konami, prometendo que tudo seria corrigido o quanto antes.

Ainda que a produtora tenha dito no comunicado que a versão lançada era praticamente uma demo de seu novo produto, não foi o suficiente para limpar a imagem ruim que as primeiras semanas do jogo gerou. Efootball tem uma das piores avaliações de jogos esportivos no Metacritc, com a versão de PS5 amargando uma nota 34 e a versão de PC tendo uma nota ainda mais baixa, apenas 25, gerando um problema ainda maior para desenvolvedora.

 

Como está o Efootball em 2023?

 

Após mais de um ano de seu lançamento oficial, a Konami cumpriu a promessa de soltar novas atualizações para o Efootball. O conceito do jogo não mudou, pelo menos até 2023, com ele ainda sendo gratuito e seus servidores funcionando em todos os consoles e dispositivos para o qual foi lançado, com exceção de alguns modelos de celulares que se tornaram obsoletos as atualizações do game. Ainda assim, muitos devem se perguntar o que mudou nas alterações feitas até então.

Ainda que muitos bugs possam ser encontrados no jogo, as últimas atualizações corrigiram uma grande quantidade de problemas de jogabilidade do Efootball, além de adicionar mais realismoa o game e novos conteúdos adicionais. Como na maior parte dos jogos de futebol, um dos principais problemas enfrentados pela desenvolvedora é o licenciamento dos times e campeonatos, com a Konami ficando para trás da EA em diversos caso, perdendo grandes os direitos de imagem de grandes clubes e ligas pelo mundo.

Muitos jogadores esperavam que o Efootball trouxesse mais conteúdos licenciados, afinal, isso colabora com o realismo e a imersão desse tipo de game, no entanto, muitas equipes acabaram ficando de fora, como é o caso do Real Madrid, que se tornou Madrid Chamartin. Embora muitos clubes, como o próprio time espanhol, continuem tendo nomes fictícios, a desenolvedora japonesa conseguiu realizar acordos para trazer produtos com as marcas reais durante os anos. A maior parte dos jogadores reais, por exemplo, esta presente no jogo.

Os fãs do futebol brasileiro também podem se preocupar se suas equipes favoritas estão presentes no Efootabll, já que no FIFA, ainda que alguns clubes participem, a maior parte dos jogadores fica de fora. Embora nem todos os times do campeonato brasileiro estejam presentes, alguns estão disponíveis atualmente, mais especificamente 6: Atlético Mineiro, Flamengo, Corinthians, Internacional, São Paulo e Santos. Além disso, alguns dos jogadores mais famosos do futebol nacional estão no game, com suas aparências semelhantes a da vida real.

Já para os fãs que gostam de montar seus times como técnicos e ganhar os maiores títulos ou seguir uma carreira como jogador até se tornar uma grande estrela no antigo modo “Master Liga” terão que esperar um pouco mais. Segundo comunicados da Konami, o modo está em desenvolvimento e sua previsão de lançamento é ainda para este ano, mas sem novas atualizações é possível que um novo adiamento aconteça. Para infelicidade dos jogadores, ao que tudo indica, a Master Liga será lançada separadamente do Efootball será paga.