Free Fire entra como patrocinadora da Seleção Brasileira por 2 anos

Em anúncio dado em primeira mão à blogueiro do GE, a Garena relata ter fechado uma parceria com a CBF para se tornar uma das patrocinadoras oficiais da Seleção Brasileira.

A típica interação de redes sociais entre as marcas já está rolando e vários influenciadores já se mostram no hype.

CBF e Free Fire em parceria manifestada pelas redes sociais

Segundo Gabriel Espinosa, especialista em Free Fire, esta é a maior parceria que o jogo já fez e contempla tanto a Seleção Masculina quanto a Feminina, e também as Seleções de base.

A parceria também promete levar o uniforme da “amarelinha” de forma oficial ao game em forma de skin.

Uniforme amarelinha seleção brasileira CBS em Free Fire
Amarelinha em Free Fire

O duo das marcas terá duração de 2 anos e poderá ser estendido caso se mostre frutífero para ambas as partes, e convenhamos: ele tem tudo pra dar certo.

Vale lembrar

Não é a primeira vez que marcas de video game ou jogos eletrônicos aparecem como patrocinadoras de equipes de futebol. Já vimos o Super Nintendo pintando na camisa do Sevilla, defendido por Diego Maradona, o Pro Evolution Soccer aparecendo nas camisas da Società Sportiva Lazio, e muitos outros.

Jogos e marcas de video game em camisas de jogadores profissionais de futebol.
Imagem: mantosdofutebol.com.br

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Veja também