Jogo de carro das antigas? Confira sugestões clássicas!

Jogo de carro das antigas? Confira sugestões clássicas!

Separamos essa lista para você que é um verdadeiro apaixonado por jogo de carro, seja para relembrar os grandes clássicos ou para conhecer algumas pérolas desconhecidas. Jogos de corrida são grandes sensações pelo público geral, sendo responsáveis até mesmo por atrair o público geral. Confira alguns destes jogos que marcaram época ou merecem citações por algum outro mérito.

 

Night Driver (1976)

Não poderíamos esperar mais de um jogo de carro de 1976. Night Driver faz parte daqueles jurássicos jogos Arcade que funcionavam com uma tecnologia rudimentar, porém atrativa para seu tempo. A máquina ainda acompanhava uma espécie de cockpit pouco confortável, com uma alavanca e um pedal. Também havia uma alternativa mais barata, com o visual de um fliperama clássico, contendo apenas um volante embutido e uma alavanca (foto abaixo).

Night Driver não foi o primeiro jogo de carro que se tem notícias, mas foi o primeiro grande sucesso da Atari a receber ports para microcomputadores da época, dado seu sucesso entre o público.

Night Driver, jogo de carro para Arcade da Atari.
Night Driver, jogo de carro para Arcade da Atari.

Pole Position (1982)

Quando jogo de carro virou febre nos Arcades, a Namco estava disposta a investir alto para liderar na corrida por este mercado. A resposta foi Pole Position, um jogo extremamente bonito e que se destacava contra jogos concorrentes.

Ofuscado pelo sucesso mundial de jogos como Enduro, Pole Position acabou passando despercebido em boa parte do mundo, principalmente por conta de ports rudimentares para computadores caseiros e também pela dificuldade de distribuição de jogos que a Namco passava naquele período.

Enduro (1983)

A primeira grande febre nos lares brasileiros, Enduro foi o tipo de jogo que reuniu familiares e atraiu até mesmo a atenção dos mais velhos para os televisores. Mesmo com gráficos rudimentares se comparado com jogos de Arcade, este jogo de carro impressionava pela velocidade aparente alcançada e também pela variedade de “biomas” visualizados na tela. Isto é, para quem teve o privilégio de jogar em uma TV à cores.

Road Fighter (1985)

Road Fighter foi um jogo de carro que marcou seu tempo. Além de ser um dos primeiros sucessos de Arcade e PC a ganhar um port para o Nintendo 8-bit, ele se destacava pela qualidade alcançada no console — batendo de frente com a versão de MSX.

O jogo também pegou uma carona na popularidade da Chevrolet, trazendo uma réplica de um Corvette em suas imagens promocionais.

Virtua Racing (1992)

A Sega é reconhecida por seu pioneirismo, principalmente por suas aventuras por desenvolvimento de jogos em ambiente 3D. Virtua Racing aparece nos Arcades impressionando e causando filas por todo o Japão, não demorando para entrar na demanda global. Mesmo não se tratando do primeiro jogo tridimensional, Virtua Racing foi um marco na indústria e ditou como um jogo de carro deveria ser a partir de então.

Top Gear (1992)

Ainda havia muito espaço no mercado para jogos 2D, principalmente quando os principais consoles 16-bit daquele tempo sequer possuíam tecnologia para executar jogos tridimensionais com primor. Nesse contexto, Top Gear surge como uma febre para a juventude — especialmente no Brasil e demais países latinos, onde o jogo repercutiu imensamente mais que no exterior. Não é para menos, pois Top Gear conta com uma gameplay caprichada e divertida, além de conter uma trilha musical considerada um verdadeiro hino atemporal.

Need for Speed (1994)

A Sega ainda alcançaria feitos impressionantes em um jogo de carro como Daytona USA, e a Namco demonstrava um novo patamar em Ridge Racer. Foi em meio a grandes concorrentes que a Electronic Arts apresenta Need for Speed!

Essa foi a primeira grande franquia a se perpetuar no gênero, conseguindo inovar e se reinventar por quase três décadas.

Mario Kart 64 (1996)

Nenhuma lista de jogos estaria completa sem menção a jogos da Nintendo, e Mario Kart 64 não poderia estar de fora. O jogo original havia alcançado uma boa repercussão no Super Nintendo, mas foi no Nintendo 64 que o fator diversão se intensificou. Com mais pistas, personagens, e usufruindo a praticidade do jogo em até quatro jogadores na mesma tela, Mario Kart 64 foi um fenômeno que solidificou a presença do Mario e seus amigos no asfalto.

Gran Turismo (1997)

A coisa ficou mais séria com Gran Turismo. Fãs de jogo de carro puderam experimentar o mais próximo de um jogo de simulação em seu PlayStation. O jogo contou com um vasto licenciamento de carros reais, atraindo atenção de jogadores e até mesmo influenciando no gosto pessoal alguns tinham sobre veículos.

É muito comum conhecer pessoas que, por conta de Gran Turismo, possuem interesse em adquirir o “carro dos sonhos” que conheceu enquanto jogava.

Forza Horizon  (2012)

O primeiro título da série Forza Horizon mostrou que um jogo de carro pode ir muito além do velho formato Arcade. A franquia Forza apresenta diversas modalidades de corrida, incontáveis possibilidades de personalização, além de oferecer a melhor experiência multiplayer em jogos de corrida de seu tempo.

O jogo se tornou tão popular que hoje é uma das principais demandas entre os títulos jogados via Xbox Game Pass.

 


 

 

 

Fabits
Fabits

Estou aqui para trazer notícias, curiosidades, rumores, matérias interessantes e desinteressantes. Eventuais opiniões expressadas acima são minhas e não necessariamente representam ideais do Clube do Vídeo Game.