Início » Notícias » Por causa de sanções à Rússia, estúdio russo encoraja pessoas a piratearem seu jogo

Por causa de sanções à Rússia, estúdio russo encoraja pessoas a piratearem seu jogo

Estúdio responsável por Loop Hero está encorajando aqueles que não conseguem comprar seu jogo a pirateá-lo

Devido às sanções impostas à Rússia por causa da invasão a Ucrânia – que impedem que jogadores do país comprem jogos na Steam -, o estúdio russo Four Quarters encorajou a pirataria de Loop Hero. Nas redes sociais, os gamers russos questionaram a empresa como poderiam adquirir o jogo; a desenvolvedora respondeu para que “levantassem a bandeira pirata” e recorressem a torrents. A Four Quarters chegou a compartilhar um link para uma versão torrent do jogo e recomendou o uso de um VPN.

“Primeiro de tudo, a guerra e as sanções nos afetaram bastante, porque não apoiamos esta guerra”, disse o Four Quarters ao site Kotaku. “No dia 24 de fevereiro, não conseguíamos acreditar que este pesadelo começou”.

O estúdio não pôde falar mais sobre a guerra por causa de uma nova lei russa que leva a prisão àqueles que fizerem algum comentário sobre a invasão da Ucrânia – chamada, pelas autoridades russas, de “operação militar especial”.

Mesmo com a pirataria “liberada”, muitos fãs quiseram ainda ajudar o estúdio enviando donativos, já que a Valve parou todos os pagamentos para a Rússia e a Bielorússia.

A guerra na Ucrânia tem afetado muito a indústria de videogames, e muitas empresas tem se unido para ajudar o país.

 

Compartilhe

Letícia Höfke

Letícia Höfke

Sou jornalista, escritora e completamente apaixonada por tudo que envolve o universo geek - principalmente, o Batman.

Veja também

Notícias
Letícia Höfke

Tudo sobre o Big Festival 2022

Hoje, começa o Big Festival 2022 em São Paulo; esse é maior evento de games da América Latina e contará com empresas como Xbox, Ubisoft, Capcom, Bandai Namco, Niantic e PlayStation.

Continue lendo