Nade, da Black Dragons, assume em entrevista exclusiva que foi procurado por outro time

Nade, da Black Dragons, assume que foi procurado por outro time

O atual segundo turno do Campeonato Brasileiro de Rainbow Six marcou um fato que há anos não acontecia na Black Dragons. Nesse sentido, pela primeira vez desde 2018, a organização brasileira jogou dois “stages” com a mesma line-up, sem alterações. Entretanto, por pouco não houve uma mudança. Felipe “Nade” Ferreira assumiu em entrevista exclusiva ao Clube do Video Game que houve abordagem para defender outra equipe. O atleta falou também sobre a possibilidade de reeditar a Kids Team no tier 1 do R6 e as expectativas para rodada final do Brasileirão.

Kids Team poderia retornar?

A line jovem da Kids Team brilhou no tier 2 do Rainbow Six brasileiro e até hoje causa comoção da comunidade. Existe muita expectativa que a equipe composta por Diogo “Fntzy” Lima,  Thiago “Handyy” Ferreira, Pablo “Resetz” Oliveira, Pedro “PpWs” Sabino e Nade atuem junto na primeira divisão. Porém, o jogador da BD, apesar de gostar da possibilidade, afirmou que há problemas de relacionamento entre esses jogadores.

Sim, se possível gostaria de formar novamente a line. Mas acredito que não daria certo. Alguns jogadores não se dão muito bem“, declarou Felipe, sem detalhar quais atletas se desentenderam.

Vale destacar que todos os jogadores disputam o BR6 atualmente. O irmão gêmeo de Nade, Handyy está na FURIA ao lado de Fntzy. Resetz era da Black Dragons, mas atualmente defende a gigante Team Liquid. Por fim, PpWs está na INTZ.

Convite para integrar a Black Dragons e a primeira experiência

Com apenas 18 anos, Nade chegou à BD por meio de convite dos jogadores Guilherme “Bassetto” Bassetto e Vitor “peres” Peres. Felipe relatou que já era amigo dos ateltas e assim que eles souberam da saída de Vinícius “Live” Santos, propuseram uma vaga no time.

Perguntaram se eu gostaria de fazer parte do time. A princípio eu não voltaria a jogar, mas como meu irmão (Handyy) havia entrado na Furia e o Bassetto e Peres queriam que eu fizesse parte da line, eu decidi arriscar e aceitei“, contou.

O desempenho da BD no primeiro stage de 2022 foi acima da média. A equipe ficou a um passo de estar na Copa Elite Six e ter a chance de disputar o Major. Entretanto, acabaram ficando de fora por conta do saldo de rodadas. “Ainda que não classificamos, foi uma boa temporada nossa. A equipe tinha esperança de se classificar para a Elite Six, não fomos por 2 rounds (rodadas). A frustração foi muito grande por isso. Apesar disso, tudo o que vivemos no stage passado serviu de aprendizado”, afirmou.

Individualmente, Nade brilhou. O atleta esteve no top-3 de quatro categorias do site SiegeGG no primeiro turno: rating, saldo de kills e mortes, eliminação de abertura e clutch (situação em que se vê sozinho na rodada contra dois ou mais adversários). No rating, estatística que reune nove métricas para medir o desempenho, atingiu o maior número (1.22) ao lado de Gabriel “Volpz” Fernandes, da W7M Gaming.

Nade assume que por pouco não mudou de time

Recentemente, o jogador Peres, da BD, assumiu em entrevista ao site Blix.gg que pensou que Nade sairia do time. Isso ainda atrapalhou o período de treinos do time, mas o jogador ficou feliz com a permanência do destaque. Felipe, questionado sobre ter tido alguma abordagem de outra organização para contrata-lô, assumiu ao Clube do Vídeo Game: “Houve sim (abordagem), mas acho melhor não entrar em detalhes.”

O jogador ficou e a BD iniciou o segundo turno do BR6 com tudo. Foram quatro vitórias nas primeiras quatro rodadas. Porém, na sequência vieram duas derrotas que deixaram tudo em aberto na disputa pela vaga na Elite Six. Os Dragões ocupam a terceira colocação com 11 pontos, dois a mais que o quinto colocado MIBR, primeiro time fora da zona de classificação. Agora será disputada a chamada “Super Week” do Brasileirão com três partidas disputadas na sexta-feira, sábado e domingo. A Black Dragons terá Furia, Ninjas in Pyjamas e Team One.

São três jogos difíceis, mas acredito que podemos sair com a vitória nos três. Estamos bem confiantes para a classificação, agora só depende de nós mesmos“, concluiu Nade.

Foto Destaque: Divulgação/Black Dragons

Compartilhe

Carlos Vinicius

Carlos Vinicius

Carlos Vinicius, 23 anos, jornalista formado pela Universidade Paulista. Apaixonado por futebol, o que levou ao caminho dos games e também da comunicação. Sempre se informando e informando aos outros, buscando referências e fontes, como o jornalismo manda.

Veja também