The Last of Us: Parte II | Relembre os momentos mais emocionantes

The Last of Us: Parte II se tornou um dos jogos mais marcantes dessa geração. Assim como fizemos no primeiro jogo, decidimos listar os momentos mais marcantes de The Last of Us: Parte II. Então, se você ainda não jogou, cuidado com os spoilers.

Morte do Joel

Uma das cenas mais tensas, tristes e perturbadoras nos games com certeza é a cena da morte de Joel. Joel está com Tommy enquanto estava patrulhando a cidade e se deparam com uma menina desconhecida, a Abby. Joel acaba ajudando Abby a escapar dos zumbis e depois de enfrentar várias hordas, Tommy e Joel vão parar em uma casa onde os Lobos (grupo de Abby) estão. Ao se apresentarem, Joel fala que parece que o grupo já o conhecia e Abby confirma e dá um tiro na perna de Joel. Posteriormente Ellie chega e Abby acaba matando Joel.

Sem dúvidas, essa cena deu o que falar e está sendo muito falada até hoje, um mês depois do lançamento do jogo. A cena de fato é pesada e um dos motivos dela ser muito inesperada, é que isso acontece em menos de 3 horas de gameplay.

Ellie pede para o Joel dizer a verdade

Depois de algum tempo dos acontecimentos do primeiro jogo, Ellie retorna até o hospital a procura dos vagalumes. Ao entrar na sala onde iria acontecer a sua cirurgia, ela encontra um gravador de um vagalume que não sabe para onde ir e fica intrigada. Joel chega ao local desesperado procurando Ellie e a encontra ouvindo o gravador. Ellie questiona Joel e exige saber a verdade. Joel fala que se a deixasse com os vagalumes ela iria morrer e Ellie fica desnorteada.

Essa cena tem um peso muito grande só pelo simples fato de ser uma das cenas que mais queríamos ver desde o final de The Last of Us. Ela traz respostas sobre “até onde a mentira do Joel vai” e é uma das cenas mais emocionantes da segunda parte de The Last of Us.

Morte de mel

A morte de Mel entra na lista das cenas mais pesadas de The Last of Us: Part II. Em sua jornada atrás de Abby, Ellie encontra pistas de que Abby pode estar no aquário. Ao chegar lá ela encontra Owen e Mel e exige saber onde Abby está. Os dois reagem e Ellie atira nos dois. Só que somente após dar uma facada em Mel, Ellie descobre que ela estava grávida. Ellie começa a passar mal e é surpreendida por Tommy e Jesse.

Aniversário de Ellie

Uma das partes mais lindas é a parte do aniversário da Ellie. A cena é um dos flashbacks que estão presentes no segundo game. Nessa cena vemos Joel fazendo uma surpresa para Ellie e a levando em um museu. Nessa parte temos diversas cenas que dão aquele calorzinho no coração, como Ellie colocando chapéu no Joel e a parte onde Joel dá uma fita com áudios de astronautas.

Abby descobre que o seu pai foi morto

Essa cena é interessante porque até o momento o jogador não sabia o motivo da Abby ter matado o Joel. Abby de fato é a filha do cirurgião que iria fazer a cirurgia na Ellie e, posteriormente, fazer uma cura. Nessa cena, Abby entra na sala de cirurgia e vê que o seu pai foi morto. É uma cena triste e importante, pois descobrimos a principal motivação da vingança de Abby.

Batalha de Abby e Ellie

A batalha de Abby e Ellie no teatro é uma das partes mais tensas, pois… você não quer machucar ou matar a Ellie! Assumindo o papel de Abby, o jogador se depara com Ellie como uma “boss” e temos que agir de forma furtiva. Essa batalha é interessante porque lembra muito a batalha de Ellie com o David no primeiro jogo.

Abby, Lev e os Serafitas

A parte que Abby e Lev estão fugindo da ilha dos Serafitas é um dos pontos altos de ação durante toda a campanha de The Last of Us: Part II. O cenário é uma vila em uma ilha, onde Lobos (grupo de Abby) estão em guerra com os Serafitas (grupo de Lev). Durante os tiroteios, Lev e Abby tentam sair da ilha. Uma batalha contra um Serafita também acontece.

Ellie e Dina na fazenda

Durante o gameplay foram mostrados diversos flashbacks de algumas coisas que aconteceram depois do primeiro jogo. Era um dos momentos onde o jogador poderia se acalmar um pouco da história pesada do segundo jogo. Após Abby e Ellie lutarem pela primeira vez, Ellie e Dina começaram uma nova vida em uma fazenda. Durante essa parte vemos Ellie com JJ, filho de Dina e Jesse, cuidado da fazenda. É um dos momentos mais aconchegantes durante toda a campanha, pois vemos Ellie e Dina vivendo uma vida normal depois de tudo que aconteceu.

Ellie encontra Abby na praia

Depois de algum tempo, enquanto Ellie e Dina estavam vivendo uma vida tranquilamente na fazenda, Tommy cobra a Ellie o porque dela não ter ido atrás de Abby. Ellie fica incomodada com a situação e decide ir atrás de Abby em Santa Barbara. Ela encontra Abby na praia pendurada em uma espécie de cruz e decide soltá-la. Enquanto Abby se prepara para fugir da praia, Ellie a desafia para uma luta final. Ellie acaba perdendo os dedos e decide não matar Abby. Aqui entendemos que Ellie desistiu da vingança e decidiu por fim nesse ciclo ao deixar Abby e Lev fugirem.

Último flashback

Esse flashback, ao contrário dos outros, é aquele flashback que você não se sente feliz. Ellie novamente confronta Joel sobre a sua decisão de deixar ela viva. E diz que não sabe se algum dia será capaz de perdoar Joel. Joel, claro, fica triste. Essa cena é forte, pois sabemos a culpa da Ellie de não ter perdoado Joel a tempo, antes da sua morte.

Final

Após desistir de matar Abby, Ellie retorna para a fazenda e percebe que Dina foi embora. Essa cena, sem dúvida, é umas das cenas que dá aquele carimbo de final amargo. Aqui vemos Ellie sozinha e sem poder tocar o violão, sua única lembrança de Joel, por causa da perca dos dedos. E qual o motivo dessa cena ser tão triste? Uma das falas de Ellie em The Last of Us, ela diz que o maior medo dela é de ficar sozinha. E no final de The Last of Us: Part II, vemos Ellie caminhar sem rumo, sem nenhum destino.