Início » Consoles » Playstation » Tomb Raider: melhores jogos da série
Tomb Raider: melhores jogos da série

Tomb Raider: melhores jogos da série

A franquia Tomb Raider conta com 21 jogos desde a sua criação, em 1996, até o último lançamento, em 2018. Com opções para consoles, PCs e até para smartphones, os jogos quase sempre foram um sucesso entre os fãs. A franquia é considerada uma das mais importantes no mundo dos games. Rendeu inclusive 3 produções cinematográficas: dois filmes estrelados pela atriz Angelina Jolie e um deles com Alicia Vikander como protagonista.

Sempre à procura de relíquias e muitas vezes buscando desvendar mistérios sobre sua família, a protagonista da franquia, Lara Croft, inspira determinação e coragem em suas aventuras. Por isso, no post de hoje listamos alguns dos melhores jogos da série de acordo com o site Metacritic, que compila notas de críticos sobre games e faz uma média entre eles.

10º – Tomb Raider: The Prophecy (66/100)

O jogo Tomb Raider: The Prophecy recebeu nota 66/100 pelo Metacritics, por isso entra na lista como o décimo colocado. Lançado em 2002 para o Game Boy Advance, sua trama se baseia em uma antiga profecia sobre três pedras mágicas. Lara Croft deve ir em busca dessas relíquias antes que um grupo as encontre e utilize para reviver um ser místico que traria o fim do mundo. Diferente da maioria dos jogos da franquia, em Tomb Raider: The Prophecy o ponto de vista é isométrico, ou seja, visto de cima da cabeça do personagem.

Tomb Raider III

Tomb Raider III (76/100)

O segundo colocado da nossa lista é o terceiro jogo da franquia, que foi lançado em 1998 e recebeu uma média de 76/100. Em Tomb Raider III: Adventures of Lara Croft, a protagonista investiga os quatro cantos do mundo em busca de quatro artefatos que se fundiram com um material desconhecido de um cometa que atingiu a Antártica. Os objetos – as quatro pedras – tinham um enorme poder de acelerar a evolução dos seres. Sendo assim, Lara se aventura por locais como a Índia e Área 51, até retornar para a Antártica no objetivo de devolver as peças ao cometa que originou a trama.

Tomb Raider: Underworld

Tomb Raider: Underworld (80/100)

Com 80/100 pelo Metacritics, o jogo Underworld foi lançado em 2008 para PlayStation 3, PC, Wii, Xbox 360 e Nintendo DS. É o nono jogo da franquia, e o último da trilogia de Tomb Raider: Legend. Na trama, Croft procura o martelo do deus nórdico do trovão, Thor, e ao mesmo tempo busca respostas sobre o que ocorreu com sua mãe.

Shadow of the Tomb Raider

Shadow of the Tomb Raider (82/100)

O mais recente da franquia, Shadow of the Tomb Raider é o jogo que finaliza a cronologia do reboot, iniciada em 2013 com Tomb Raider. O desenvolvimento da história é uma sequência dos dois anteriores, na qual a protagonista corre contra o tempo para impedir um apocalipse Maia ao passo que tenta impedir os seus inimigos da organização paramilitar Trinity. Em seu lançamento, o jogo foi disponibilizado para as plataformas PlayStation 4, Xbox One e PC.

Tomb Raider: Legend

Tomb Raider: Legend (82/100)

Tomb Raider: Legend foi o primeiro reboot da franquia, produzido pelo estúdio Crystal Dynamics. Lançado em 2006, o jogo trazia uma nova versão de Lara Croft, com muitos elementos da sua origem, como lembranças da infância e adolescência da protagonista. Na aventura, Lara procura a espada Excalibur, que está relacionada ao desaparecimento de sua mãe durante sua infância. 

Tomb Raider: Anniversary

Tomb Raider: Anniversary (83/100)

Lançado em 2007 como uma versão repaginada do primeiro jogo, Anniversary apresentou gráficos melhorados que agradaram o público da época. A heroína parte novamente em busca de um artefato, desta vez uma relíquia de Atlântida, chamado Scion. O objeto é dividido em três partes e Lara precisa viajar pelo mundo em busca dele antes que caia em mãos erradas. Originalmente, a versão foi lançada para Microsoft Windows, PlayStation 2, PlayStation Portable, Xbox 360 e Wii.

Tomb Raider II (85/100)

Depois do sucesso do primeiro jogo da franquia, Tomb Raider II foi lançado um ano após a estreia da série, em 1997. Diferente do seu antecessor, nessa versão os jogadores contavam com a possibilidade de usar veículos, novas armas e a exploração da mansão da protagonista Lara Croft. Nessa trama, que se passa um ano depois da primeira, Lara procura a adaga Dagger of Xian, que podia transformar pessoas em dragões.

Imagem de capa do jogo Tomb Raider 2013.

Tomb Raider 2013 (87/100)

Tomb Raider (2013) deu início a uma nova cronologia nos jogos da série, trazendo Lara Croft num primeiro momento como uma jovem sobrevivente em sua primeira expedição. Após seu barco ser destruído, Croft deve encontrar sua equipe enquanto tenta sobreviver aos perigos do ambiente e enfrentar inimigos. Em paralelo a isso, ela descobre que a ilha onde está é o reino perdido de Yamatai, cuja descoberta era o objetivo principal da expedição. Com o reboot, os fãs puderam jogar em um mundo semi-aberto que contava com exploração, aventura e sobrevivência na perspectiva de terceira pessoa. 

Rise of Tomb Raider

Rise of Tomb Raider (88/100)

Rise of the Tomb Raider é o segundo jogo da trilogia mais recente da série e foi lançado em 2015. Nele, Croft vai até a Rússia investigar uma cidade que, segundo lendas, está relacionada com a imortalidade. Após os acontecimentos do jogo de 2013, Lara se vê forçada a provar que os acontecimentos sobrenaturais de fato ocorreram e corre contra o tempo para descobrir a cidade mitológica antes da organização Trinity.

Tomb Raider I

Tomb Raider I (nota 91/100)

Com a melhor média pelo Metacritics, o jogo original foi lançado em 1996 para  PlayStation 1, Sega Saturn e PC. O jogo foi um sucesso por apresentar ao público uma nova heroína, com uma história envolvente que cativou os jogadores cada vez mais com o passar dos anos. Nele, Lara Croft precisa recuperar o artefato poderoso Scion e, para isso, passa pelo Egito, pela Itália e até pela cidade perdida de Atlântida.

Os jogos da franquia marcaram o mundo dos videogames e fazem sucesso até hoje. Mas e para você, qual é a melhor versão?

Compartilhe

Letícia Höfke

Letícia Höfke

Sou jornalista, escritora e completamente apaixonada por tudo que envolve o universo geek - principalmente, o Batman.

Veja também